Archive | Notícias

Santos é campeão do Torneio Internacional Interclubes de Futebol Feminino, em Araraquara

Santos é campeão do Torneio Internacional Interclubes de Futebol Feminino, em Araraquara

Posted on 15 janeiro 2011 by doro

O Santos venceu o Foz Cataratas Caixa por 3 a 2, na tarde deste sábado, no estádio Arena da Fonte, em Araraquara (SP), e sagrou-se campeão do Torneio Internacional Interclubes de Futebol Feminino. Os gols do título foram marcados por Angélica, Maurine e Thaís. Gabi e Dai anotaram para a equipe paranaense. O Palmeiras, que derrotou por 3 a 1 o Umea, da Suécia, na preliminar, garantiu a terceira colocação.

O Foz Cataratas tomou a iniciativa no início do primeiro tempo, neutralizando a atacante Marta, do Santos, com a marcação cerrada de três defensoras, e soube partir em velocidade para o ataque em busca do gol de abertura. A estratégia deu certo e, aos 6 minutos, Gabi fez um belo gol ao acertar um chute da intermediária, que passou sobre a goleira Andréia Suntaque.

O time paranaense se manteve superior até a árbitra Katiucia da Mota Lima expulsar Leti, aos 24 minutos. Com superioridade numérica em campo e atrás no placar, o Santos foi para cima do Foz Cataratas e conseguiu o empate aos 33 minutos, em golaço de Angélia. Como Gabi, ela também acertou um lindo chute da intermediária e encobriu a goleira Vivi.

O segundo tempo começou eletrizante, com as duas equipes perdendo chances de gols e as goleiras Vivi e Andréia Suntaque fazendo grandes defesas. O Foz Cataratas virou a contagem, aos 12 minutos, quando Gabi puxou rápido contra-ataque ao se livrar de duas adversárias e tocou para Dai. A atacante chutou e ainda contou com um desvio de Esther para tirar a goleira santista da jogada e desempatar.

Como o resultado não servia. O Foz Cataratas foi para cima do Santos. Tanto que a igualdade voltou ao placar, aos 18 minutos, com a polivalente Maurine. Ela arriscou chute da lateral direita e contou com a ajuda da goleira Vivi. Mal posicionada, ela não chegou a tempo de impedir o gol de empate. A vitória da equipe comandada por Gustavo Feliciano veio aos 39 minutos.

A meia Thais aproveitou rebote na área e só tocou para o fundo do gol para confirmar o título do Santos, que jogou pelo empate para levantar a taça, por ter feito a melhor campanha na primeira fase, em que derrotou Umea por 4 a 2, Palmeiras por 1 a 0 e empatou com o Foz Cataratas em 1 a 1. O time do Paraná, além da igualdade com o alvinegro e com o Palmeiras (1 a 1), derrotou a equipe sueca por 3 a 2.

Angélica, autora de um golaço para o Santos, afirmou que o título foi merecido porque as jogadoras passaram por um período forte de treinamento para a competição promovida pela Sport Promotion e tiveram de se superar durante as três rodadas da fase classificatória, em que terminaram na liderança, e também na decisão deste sábado. “Foi a recompensa pela luta e determinação que tivemos”, disse a defensora santista.

Calor foi adversário – Para a atacante Maurine, autora de um dos gols da equipe santista, o maior adversário foi o forte calor. “A gente tinha consciência de que seria uma partida muito dura. O Foz Cataratas é uma grande equipe, mas conseguimos fazer os gols necessários para a conquista deste título. O calor estava muito forte, mas com garra e força de vontade superamos as dificuldades e vencemos”, enfatizou a ala do Santos.

A capitã do Santos, Marta, embora não tenha feito seu gol ficou muito contente com o resultado. “Este título é muito especial. Porque lutei muito tempo para ficar este período aqui no Santos. Foi uma semana ótima, apesar da maratona da viagem para a Suíça. Tenho poucas oportunidades de jogar no Brasil e por isso tento aproveitar ao máximo quando isso acontece”, garantiu Marta.

O técnico do Santos, Gustavo Feliciano, analisou a partida que deu o título ao seu time. “Começamos a partida com certa dificuldade, errando muitos passes no meio de campo e tomamos o primeiro gol. Depois o nosso time conseguiu se acertar em campo e, após a expulsão da atleta do Foz, começamos a pressionar. No segundo tempo, logo no início, o Foz encaixou um contra-ataque e conseguiu ampliar o placar novamente. Não nos abatemos e a Angélica acertou um belo chute de fora da área, empatando novamente. No final conseguimos fazer o terceiro gol, o que nos deu tranquilidade”, explicou o treinador santista.

Ele ainda destacou o empenho das atletas. “Essa vitória teve um gosto especial, já que nos últimos três jogos não conseguimos vencê-las. As partidas contra o Foz são muito equilibradas, mas conseguimos quebrar esse tabu justo na final. Estou muito feliz com o título e o empenho das atletas”, comemorou Gustavo.

Foz ficou feliz com o vice-campeonato – Gabi, que marcou um dos gols e deu assistência para o segundo do Foz Cataratas, declarou que a segunda colocação acabou sendo um prêmio para a equipe do Paraná, já que é formada em sua maioria por atletas das categorias de base do futebol feminino nacional. “Nós sabíamos das dificuldades que iríamos encontrar nesta partida, justamente pelo fato de o time do Santos estar jogando há muito tempo junto. A expulsão no começo da partida nos atrapalhou um pouco, assim como o forte calor, mas está todo mundo de parabéns”, salientou a camisa 10 do Foz.

O técnico paranaense Gezi Gonçalves saiu feliz com seu time. “Mesmo com a expulsão no primeiro tempo, nosso time este impecável. Estivemos na frente duas vezes e merecíamos uma sorte melhor. A gente sai de cabeça erguida deste torneio, que teve um resultado espetacular”, resumiu.

Assim como no jogo preliminar, as jogadoras do Santos e Foz entraram com uma faixa em solidariedade às vítimas das enchentes na região serrana do Rio de Janeiro.

Musas do Torneio – O Torneio Internacional de Futebol Feminino elegeu oito musas entre as jogadoras das quatro equipes. Dois portais fizeram uma eleição junto a seus internautas. O Araraquara.com elegeu a palmeirense Andréia como a musa da competição, enquanto os internautas do UOL preferiram a santista Maurine, vencedora com 25,30% dos 31.300 votos.

Ficha Técnica

Data: 15/1/2011

Local: Arena da Fonte, em Araraquara (SP)

Santos 3 - 77- Andreia Suntaque; 18 – Janaina , 22 – Angélica e 23- Carol Arruda (7- Pikena); 99 – Maurine, 3- Dani, 4- Joice (21- Raquel), 15 – Ester e 40- Thais; 10 – Marta (capitã) e 9 – Suzana (35- Bia).
Técnico: Gustavo Feliciano

Foz Cataratas Caixa 2 - 1- Vivi; 2 – Paulinha, 3- Marina (capitã), 4- Rafinha (13- Kemily) e 6 – Leti; 5- Tayla, 7- Isa (17- Gi), 8- May, 10- Gabi e 11- Dai; 9 – Debinha (15- Fernanda).
Técnico: Gezi Gonçalves

Gols – Angélica (33 m 1º T), Maurine (18 m 2º T) e Thais (39 m 2º T¨) para o Santos e Gabi (6 m 1º T) e Daí (12 m 2º T) para o Foz Cataratas Caixa.

Cartões amarelos – Leti e Marina(Foz Cataratas Caixa)

Cartão vermelho Letí e Dani

Árbitra : Katiucia da Mota Lima
Assistentes : Renata Ruel e Karine del Bianco Silva

Renda 17.382,00
Público 2.978

Classificação
1- Santos
2- Foz Cataratas Caixa
3- Palmeiras
4- Umea (Suécia)

Resultados

Foz Cataratas Caixa 1 x 1 Palmeiras
Santos 4 x 2 Umea

Santos 1 x 0 Palmeiras
Umea 2 x 3 Foz Cataratas Caixa

Umea 1 x 3 Palmeiras
Santos 1 x 1 Foz Cataratas Caixa

Disputa do 3º lugar – Palmeiras 3 x 1 Umea
Decisão do título – Santos 3 x 2 Foz

Artilheiras:
- Gabi (Foz), Nildinha (Palmeiras) e Hanna Pettersson (Umea) – 3
- Marta, Maurine e Suzana (Santos), Debinha e, Bárbara – 2 gols
-,Bia e Angélica (Santos), Rosana e Formiga (Palmeiras), Sofia Jakobsson, Ogonna Chukwudi e Linda Molin (Umea), Gi e Dai (Foz Cataratas Caixa) – 1 gol

O Torneio Internacional Interclubes de Futebol Feminino foi organizado pela Sport Promotion, com apoio do Grupo Bandeirantes de Comunicação, da Federação Paulista de Futebol e da Confederação Brasileira de Futebol. O patrocínio foi da Bombril.

Mais informações : http://interclubes.sportpromotion.com.br

Roberto Pierantoni – MTb.: 18.194 / Gustavo Lara
E-mail – vinicius@zdl.com.br / gustavo@zdl.com.br
Siga a ZDL no twitter: twitter.com/ZDLcomunica

Comments (0)

Santos e Foz Cataratas Caixa decidem o Torneio Internacional de Futebol Feminino, em Araraquara

Santos e Foz Cataratas Caixa decidem o Torneio Internacional de Futebol Feminino, em Araraquara

Posted on 14 janeiro 2011 by doro

A grande final do Torneio Internacional Interclubes de Futebol Feminino promete muita disputa e rivalidade neste sábado, às 16h, na Arena da Fonte, em Araraquara, interior de São Paulo. Santos e Foz Cataratas Caixa, as duas melhores equipes durante a fase de classificação, jogarão em busca do título. A equipe da baixada santista tem a vantagem do empate, já que terminou a fase de classificação em primeiro lugar. Na abertura da rodada final, às 13h30, o Palmeiras enfrenta o Umea pelo terceiro lugar também podendo empatar. Os ingressos estão à venda por R$ 5,00 e R$ 10,00.

Durante a primeira fase do torneio, Santos e Foz Cataratas fizeram uma partida muito equilibrada. O resultado de 1×1, na última rodada da fase classificatória, serviu para acirrar a rivalidade entre os dois times, pois o Foz Cataratas manteve a invencibilidade contra as santistas. Em três confrontos, as paranaenses ainda não perderam. Pelas semifinais da Copa do Brasil, ano passado, empate em 1 x 1, em 23 de setembro, e vitória por 1 x 0, em 30 de setembro.

“Tivemos mais chances que o Santos para vencer na quarta-feira. O empate foi importante porque mantivemos uma invencibilidade de três jogos diante deles. Isso nos dá uma pequena vantagem psicológica, enquanto o Santos pode jogar pelo empate e com o regulamento na mão. Vamos estudar com calma todas as possibilidades para montar a equipe para a decisão”, analisou Gezi Gonçalves, treinador do Foz Cataratas.

Para Gabi, meio campista do time paranaense e um dos destaques da competição, a final será diferente. “Fizemos um jogo mais cadenciado porque o empate nos classificava. Agora para a final não temos mais a vantagem e vamos para cima. Será um jogo de vida ou morte para nosso time”, enfatizou a atleta. O Foz Cataratas Caixa foi criado em fevereiro de 2010 e já conquistou o título estadual e o vice-campeonato da Copa do Brasil. No Torneio Internacional, o Foz teve dois empates em 1 x 1 , com Palmeiras e Santos, e venceu o Umea por 3 x 2.

No Santos o sentimento é de tranquilidade e foco na decisão. “Realizamos um trabalho de recuperação das atletas nestes dois dias, porque ainda estamos no início da temporada e fizemos vários jogos seguidos. A final deverá ser mais aberta, pois o Foz precisará se expor para lutar pela vitória, o que nos favorece. Vou definir o time somente no sábado, mas a base é a mesma. A dúvida maior é se a Thais entra jogando, já que a Bia está bem”, analisou Gustavo Feliciano, técnico do Santos, que preferiu dar um descanso maior para suas jogadoras nos dias antecedentes à final. Nesta sexta-feira, a equipe fez apenas academia à tarde.

Marta, eleita pela quinta vez consecutiva a melhor jogadora do mundo, entende que a vantagem do empate pode facilitar as ações da equipe santista. “Vamos nos preparar bem e com tranqüilidade. Agora o Foz precisa vencer. Deverá sair mais para o jogo e abrir espaços. Isso pode facilitar nosso trabalho”, explicou. Em 2010 o Santos foi campeão paulista em cima do São José, venceu os Jogos Abertos do Interior e foi bicampeão da Taça Libertadores da América, vencendo o Boca Junior da Argentina na final. O time fez 49 jogos, com 42 vitórias, 6 empates e teve apenas a derrota diante do Foz. Em Araraquara, o Santos venceu o Umea (4 x 2), o Palmeiras (1 x 0) e empatou com o Foz (1 x 1).

Palmeiras e Umea disputam o terceiro lugar - O Palmeiras enfrentará o Umea na abertura da rodada final, às 13h30. As paulistanas terão a vantagem de jogar pelo empate, pois terminaram a primeira fase na terceira posição com quatro pontos. As suecas precisam da vitória, porque não somaram nenhum ponto. Na última quarta-feira as duas equipes se enfrentaram e o Palmeiras venceu por 3×1, com autoridade.

Para Jorge Barcellos, treinador do Palmeiras, o jogo será encarado como uma decisão. “Vamos jogar no sábado como se fosse a final. Apesar do pouco tempo de preparação, estamos felizes com o empenho das atletas durante o torneio. Agora é lutar para vencer as suecas novamente”, explicou. O Palmeiras empatou com o Foz (1 x 1), venceu o Umea (3 x 1) e perdeu para o Santos (0 x 1).

Apesar de não ter vencido ainda na competição, o Umea acredita que pode surpreender. “Nosso último jogo foi o melhor que fizemos. Apesar de jogar contra a melhor equipe do torneio, vamos lutar pela primeira vitória”, analisou Joakim Blonqvist, treinador do Umea, que perdeu os três jogos – Santos (2 x 4), Foz (2 x 3) e Palmeiras (1 x 3).

Marta recebe placa da cidade e é imortalizada na Arena da Fonte - Marta recebeu uma linda homenagem da cidade de Araraquara, na tarde desta sexta-feira. O prefeito Maurício Barbieri entregou à atleta uma placa, em homenagem ao que a jogadora já conquistou na carreira. Além disso, outra placa foi colocada em uma parede da entrada da Arena da Fonte, para marcar a passagem da jogadora pela cidade.

“Marta é um exemplo para todas as mulheres que jogam futebol e aqui, na cidade, temos o time da Ferroviária, que vem fazendo um bom papel. É uma honra ter a Marta conosco, principalmente neste momento em que ela ganhou o quinto título seguido de melhor do mundo”, falou o prefeito Marcelo Barbieri.

A meia do Santos agradeceu a homenagem. “Fico muito feliz pela lembrança e agradeço em nome de todas as meninas que estão jogando este torneio, que está sendo um sucesso. É uma honra servir de modelo para as pessoas”, afirmou Marta, cercada por quase 100 crianças da Escolinha de Futebol de Araraquara.

Arrecadação de alimentos para as vítimas do Rio de Janeiro – Na rodada final do Torneio Internacional Interclubes de Futebol Feminino, as atletas entrarão com uma faixa em solidariedade às vítimas das enchentes na região serrana do Rio. Será obedecido também um minuto de silêncio e a Defesa Civil de Araraquara montou um posto de arrecadação, na Arena da Fonte. Quem quiser ajudar poderá levar água potável e alimentos não perecíveis, que serão encaminhados ao Rio de Janeiro.

Na homenagem que recebeu na Arena da Fonte, Marta ficou emocionada ao falar sobre a tragédia. “É importante que a gente se una neste momento para ajudar as pessoas que perderam tudo. Peço que a população de Araraquara traga alimentos neste sábado na Arena da Fonte”, solicitou a jogadora.

A equipe do Santos também se mobilizou para ajudar. A camisa que Marta usará na final deste sábado, com autógrafo dela e das demais atletas do time, será leiloada no Mercado Livre, desde esta sexta-feira e até o dia 24 deste mês. O mesmo acontecerá com a camisa do lateral Leo, autografada pelo time do Santos e a camisa de Neymar, da seleção sub-20, autografada.

Classificação
1- Santos – 7 pontos ganhos (3 J, 2 V, 1 E, 6 GP, 3 GC, Saldo + 3)
2- Foz Cataratas Caixa – 5 pg (3 J, 1 V, 2 E, 5 GP, 4 GC, Saldo +1)
3- Palmeiras – 4 pg (3 J, 1 V, 1 E, 1 D, 4 GP, 3 GC, Saldo +1)
4- Umea (Suécia) – 0 pg (3 J, 3 D, 5 GP, 10 GC, Saldo -5)

Artilheiras:
- Hanna Pettersson (Umea) – 3
- Marta e Suzana (Santos), Debinha e Gabi (Foz), Nildinha e Bárbara – 2 gols
-, Maurine e Bia (Santos), Ogonna Chukwudi e Linda Molin (Umea), Gi (Foz Cataratas Caixa) – 1 gol

Tabela

Foz Cataratas Caixa 1 x 1 Palmeiras
Santos 4 x 2 Umea

Santos 1 x 0 Palmeiras
Umea 2 x 3 Foz Cataratas Caixa

Umea 1 x 3 Palmeiras
Santos 1 x 1 Foz Cataratas Caixa

15/01 (13h30) – Disputa do 3º lugar – Palmeiras x Umea (Band Sports)
15/01 (16h) – Decisão do título – Santos x Foz Cataratas Caixa (Band e Band Sports)

Ingressos à venda - Os ingressos do Torneio Internacional Interclubes de Futebol Feminino estão à venda ao valor de R$ 10,00 (setor abaixo das cabines de imprensa) e R$ 5,00 (restante do estádio).

Os interessados podem comprar na bilheteria da Arena da Fonte, de segunda-feira a sábado, das 11 às 17h. Os outros pontos de venda são: Futebol Shop, na rua São Bento 1134 e Di Gaspi, no Shopping Jaraguá, na via Heitor Souza Pinheiro 2270. A entrada do público será concentrada pelo portão principal do estádio.

O Torneio Internacional Interclubes de Futebol Feminino é organizado pela Sport Promotion, com apoio do Grupo Bandeirantes de Comunicação, da Federação Paulista de Futebol e da Confederação Brasileira de Futebol. O patrocínio é da Bombril.

Galeria de fotos no Flickr - O Torneio Internacional de Futebol Feminino tem uma galeria de fotos no Flickr. São 9 galerias (uma por jogo, musas, treino e extras) com 135 fotos que poderão ser baixadas em três resoluções. O endereço é http://www.flickr.com/torneiointernacionalinterclubes

Mais informações : http://interclubes.sportpromotion.com.br

Roberto Pierantoni – MTb.: 18.194 / Gustavo Lara
E-mail – vinicius@zdl.com.br / gustavo@zdl.com.br
Siga a ZDL no twitter: twitter.com/ZDLcomunica

Comments (0)

Torneio Internacional de Futebol Feminino escolhe oito musas entre as jogadoras

Torneio Internacional de Futebol Feminino escolhe oito musas entre as jogadoras

Posted on 13 janeiro 2011 by doro

A organização do Torneio Internacional Interclubes de Futebol Feminino, que está sendo realizado em Araraquara, desde o dia 5, escolheu duas jogadoras de cada uma das quatro equipes participantes como as musas do campeonato. As atletas selecionadas, que aliam beleza e qualidade técnica, foram: Maurine e Angélica (Santos), Isa e Gabi (Foz Cataratas Caixa), Andréia e Fernandinha (Palmeiras), e Linnea e Elin (Umea IK).

A competição será encerrada no sábado, na Arena da Fonte, com a decisão do terceiro lugar, entre Palmeiras e Umea, da Suécia, às 13h30, e o confronto final, Santos x Foz Cataratas Caixa, às 16 horas. Os ingressos estão à venda por R$ 5,00 e R$ 10,00.

O futebol feminino surgiu no Brasil na década de 50, por iniciativa de Dona Isolina França Soares, diretora de uma escola na cidade mineira de Araguari. Com problemas de dinheiro para manter a instituição ela teve a idéia de montar um time de futebol só de mulheres. Dona Isolina espalhou cartazes pela cidade e em pouco tempo recebeu cerca de 40 interessadas em jogar pela escola. Dois times foram formados, o Araguari e o Fluminense. O jogo foi um sucesso e teve grande aceitação do público que lotou o estádio para ver a exibição. Mas mesmo com o sucesso do evento, a igreja resolveu proibir a iniciativa, pois não queria que elas mostrassem as pernas em público.

Passados quase 60 anos deste episódio, hoje vemos um cenário completamente diferente no Brasil. As mulheres conquistaram o seu espaço no futebol e cada vez mais encantam o público com lindas jogadas e belos gols. Exemplo disso é Marta, atacante do Santos, que conquistou recentemente o quinto título consecutivo de melhor jogadora do mundo pela FIFA. Mas quem pensa que essas garotas não se preocupam com o visual está enganado. A maioria delas entra em campo com o cabelo arrumado, unhas feitas, perfume e até uma leve maquiagem.

A ala Maurine, do Santos, é uma das adeptas à beleza dentro de campo. “É muito legal o reconhecimento do público. Sou vaidosa e me arrumo para jogar. Tenho certeza que minha imagem pode ajudar a reduzir o preconceito contra as jogadoras. Antigamente o futebol feminino tinha uma imagem muito ruim junto às pessoas e hoje isso está mudando”, explicou.

A meio-campista Isa, do Foz Cataratas Caixa, outra escolhida para a votação, ficou feliz com a notícia. “Ser eleita como musa não me surpreende porque meu apelido no grupo é justamente ‘musa’. Fico feliz em ser uma das escolhidas e sempre procuro manter a vaidade durante minha atividade”, enfatizou a jogadora.

A jogadora Linnea Agren, uma das escolhidas do Umea IK, da Suécia, ficou surpresa com a escolha e revelou que na Europa a mentalidade é diferente. “Fico grata pela escolha, mas na Europa em geral nós não nos preocupamos muito com a beleza dentro de campo. Nosso foco principal é no futebol. Aqui eu percebi que as brasileiras gostam de se arrumar antes das partidas e até achei interessante”, assinalou a sueca.

A atleta Fernandinha, do Palmeiras, é outro exemplo que se encaixa na observação feita pela jogadora sueca. “Eu gosto de jogar arrumadinha. Demoro um pouco para arrumar o cabelo e sempre entro em campo perfumada. Acho importante a mulher demonstrar sua feminilidade e não vejo nenhum problema que isso se reflita dentro do gramado”, destacou a atacante.

Araraquara também está representada nesta eleição. É o caso de Andréia, mudou para a cidade com cinco anos de idade, e não entra em campo antes de se produzir. “Fico muito feliz com a escolha. A gente que joga futebol não pode perder o lado feminino. Nosso visual e postura são importantes da mesma forma que o desempenho durante as partidas. Eu costumo passar esmalte nas unhas, perfume e até rimel”, citou a defensora do Palmeiras.

Portal Araraquara elege a musa do torneio - O Portal Araraquara.com criou uma ação junto aos internautas para eleger a musa do Torneio Internacional, entre as oito indicadas. Basta entrar na página da promoção, escolher sua musa e fazer um comentário. A vencedora será conhecida na sexta-feira à tarde e serão sorteados 15 pares de ingressos para a rodada dulpa de encerramento da competição, neste sábado.

O link é o seguinte : http://www.araraquara.com/esportes/geral/2011/01/12/musa-do-torneio-internacional-de-futebol-feminino-vote-e-concorra-a-ingressos-para-a-final.html

Marta recebe placa e será imortalizada na Arena da Fonte - A jogadora Marta, do Santos, receberá mais uma homenagem em Araraquara. A atleta, eleita pela quinta vez consecutiva a melhor jogadora do mundo, receberá uma placa da cidade, entregue pelo prefeito Maurício Barbieri. Outra placa, colocada numa das paredes da Arena da Fonte, próxima do Museu do Futebol, será descerrada às 15 horas desta sexta-feira, para marcar a passagem da grande jogadora por Araraquara.

Classificação
1- Santos – 7 pontos ganhos (3 J, 2 V, 1 E, 6 GP, 3 GC, Saldo + 3)
2- Foz Cataratas Caixa – 5 pg (3 J, 1 V, 2 E, 5 GP, 4 GC, Saldo +1)
3- Palmeiras – 4 pg (3 J, 1 V, 1 E, 1 D, 4 GP, 3 GC, Saldo +1)
4- Umea (Suécia) – 0 pg (3 J, 3 D, 5 GP, 10 GC, Saldo -5)

Artilheiras:
- Hanna Pettersson (Umea) – 3
- Marta e Suzana (Santos), Debinha e Gabi (Foz), Nildinha e Bárbara – 2 gols
-, Maurine e Bia (Santos), Ogonna Chukwudi e Linda Molin (Umea), Gi (Foz Cataratas Caixa) – 1 gol

Tabela

Foz Cataratas Caixa 1 x 1 Palmeiras
Santos 4 x 2 Umea

Santos 1 x 0 Palmeiras
Umea 2 x 3 Foz Cataratas Caixa

Umea 1 x 3 Palmeiras
Santos 1 x 1 Foz Cataratas Caixa

15/01 (13h30) – Disputa do 3º lugar – Palmeiras x Umea (Band Sports)
15/01 (16h) – Decisão do título – Santos x Foz Cataratas Caixa (Band e Band Sports)

Ingressos à venda - Os ingressos do Torneio Internacional Interclubes de Futebol Feminino estão à venda ao valor de R$ 10,00 (setor abaixo das cabines de imprensa) e R$ 5,00 (restante do estádio).

Os interessados podem comprar na bilheteria da Arena da Fonte, de segunda-feira a sábado, das 11 às 17h. Os outros pontos de venda são: Futebol Shop, na rua São Bento 1134 e Di Gaspi, no Shopping Jaraguá, na via Heitor Souza Pinheiro 2270. A entrada do público será concentrada pelo portão principal do estádio.

O Torneio Internacional Interclubes de Futebol Feminino é organizado pela Sport Promotion, com apoio do Grupo Bandeirantes de Comunicação, da Federação Paulista de Futebol e da Confederação Brasileira de Futebol. O patrocínio é da Bombril.

Galeria de fotos no Flickr – O Torneio Internacional de Futebol Feminino tem uma galeria de fotos no Flickr. São 9 galerias (uma por jogo, musas, treino e extras) com 135 fotos que poderão ser baixadas em três resoluções. O endereço é http://www.flickr.com/torneiointernacionalinterclubes

Mais informações : http://interclubes.sportpromotion.com.br

Roberto Pierantoni – MTb.: 18.194 / Gustavo Lara
E-mail – vinicius@zdl.com.br / gustavo@zdl.com.br
Siga a ZDL no twitter: twitter.com/ZDLcomunica

Comments (0)

Santos e Foz Cataratas empatam e fazem final do Torneio Internacional de Futebol Feminino

Santos e Foz Cataratas empatam e fazem final do Torneio Internacional de Futebol Feminino

Posted on 13 janeiro 2011 by doro

O Foz Cataratas Caixa e o Santos empataram em 1×1 no fechamento da terceira e última rodada da fase de classificação do Torneio Internacional Interclubes de Futebol Feminino, que está sendo realizado na Arena da Fonte, em Araraquara, interior de São Paulo. Com o resultado as duas equipes repetirão o confronto na final, a ser disputada no próximo sábado, dia 15, às 16 horas. O Palmeiras, que venceu o Umea da Suécia por 3 x 1 na abertura da rodada, disputará o terceiro lugar contra as suecas, às 13h30.

Antes do início da partida, as jogadoras das quatro equipes do torneio receberam a atacante Marta, eleita pela quinta vez consecutiva a melhor jogadora de futebol feminino do mundo, para uma homenagem. Quando a atacante santista entrou no gramado com o troféu ganho pela FIFA, todas as atletas e o público aplaudiram de pé. Marta se emocionou com o gesto e agradeceu ao público e às atletas. Ela posou com cada equipe segurando seu prêmio.

O primeiro tempo teve poucas chances de gol. A primeira oportunidade veio aos dois minutos com a ala Maurine. Ela cobrou falta perto da área e quase abriu o placar. A bola passou raspando na trave da goleira Vivi, do Foz Cataratas.

Aos 7 minutos o Foz Cataratas teve sua primeira chance de gol. A meio-campista Gabi recebeu dentro da área e bateu forte, mas a bola saiu prensada para a linha de fundo. Um minuto depois, a atacante Marta recebeu a bola pela esquerda, foi até a linha de fundo, driblou com categoria a zagueira adversária e chutou forte no canto baixo para linda defesa de Vivi.

O jogo seguiu com as duas equipes defendendo forte e com pouca criatividade no ataque. Aos 32 minutos a ala Maurine recebeu belo passe na meia-lua e chutou de primeira. A bola bateu na trave e quase morreu no fundo da rede. No último lance do primeiro tempo, aos 45 minutos, a zagueira santista Janaína recuou mal a bola e a atacante Dai quase fez o primeiro gol da partida. A bola passou raspando na trave de Andreia Suntaque.

A segunda etapa começou mais agitada, com as duas equipes buscando o gol. Tanto que, aos 5 minutos, Marta recebeu lançamento de Maurine, driblou a goleira Vivi e mandou cruzado para abrir o placar.

Sabendo que o resultado negativo não interessava, a equipe paranaense começou a imprimir um ritmo forte. O resultado veio logo em seguida, aos 10 minutos. Após forte chute de Daiane pelo alto, a bola desviou na goleira Andreia e explodiu no travessão. No rebote a atacante Debinha tocou para o fundo da rede, mas a juíza marcou impedimento. Na sequência o Foz Cataratas recuperou a bola e Gabi aproveitou para acertar belo chute. A bola encontrou novamente o travessão.

Um minuto depois, após cruzamento pela direita, a zagueira Marina cabeceou forte e pela terceira vez e a bola bateu no travessão. Tanta insistência deu resultado para as paranaenses. Aos 24 minutos do segundo tempo, a zagueira Janaína, do Santos, cometeu pênalti em Gabi. Ela mesmo bateu com categoria no canto direito, sem chances para a goleira Andréia, e igualou o placar.

A partir daí as duas equipes se acomodaram o jogaram com o regulamento que as classificava para a decisão. O último lance de perigo veio aos 33 minutos com a meio-campista Thaís, do Santos. Ela recebeu lançamento na direita, driblou a goleira Vivi e mandou cruzado. A bola passou rente à trave e quase balançou a rede do Foz Cataratas.

Com o resultado a equipe santista terá a vantagem do empate na final, já que terminou a fase de classificação na primeira posição. Na disputa de terceiro lugar o Palmeiras também jogará pelo empate contra o Umea, da Suécia.

Bom empate para os dois times A artilheira santista Marta ficou satisfeita com o resultado. “Não fomos tão bem nas finalizações, mas o jogo serviu para estudarmos melhor o adversário e não sermos surpreendidas na final. A partida foi um pouco presa porque o empate servia para os dois times. No sábado, acredito que o Foz sairá um pouco mais, facilitando nosso trabalho”, analisou.

Gustavo Feliciano, técnico do Santos, concordou com sua capitã. “Erramos muitos passes no primeiro tempo por falta de concentração. Depois do gol, o time melhorou, mas tomamos o empate e aí a acomodação foi natural em função do desgaste dos jogos seguidos neste início de temporada”, explicou.

A meia Gabi, do Foz, admitiu que os times jogaram com o regulamento na mão. “A ideia era cadenciar a partida e só aumentamos o ritmo depois de tomar o gol. Quando empatamos, depois de perder várias chances, procuramos segurar o resultado”, afirmou.

O técnico do Foz Cataratas ficou contente com a atuação de seu time. “O jogo foi bom para as duas equipes, mas nós tivemos três bolas na trave e um gol anulado. O importante é que mantivemos a invencibilidade de três partidas diante do Santos”, relembrou, citando os dois jogos da Copa do Brasil de 2010, quando o Foz empatou em 1 a 1 e ganhou por 1 a 0.

Ficha Técnica

Data: 12/1/2011

Local: Arena da Fonte, em Araraquara (SP)

Santos 1 - 77- Andreia Suntaque; 18 – Janaina , 22 – Angélica e 33- Thorunn; 99 – Maurine, 3- Dani, 4- Joice, 15 – Ester e 35-Beatriz (40- Thais); 10 – Marta (capitã) e 9 – Suzana (11- Erikinha).
Técnico: Gustavo Feliciano

Foz Cataratas Caixa 1 - 1- Vivi; 2 – Paulinha, 3- Marina (capitã), 4- Rafinha (Kemily) e 6 – Leti (15- Fernanda); 5- Tayla, 7- Isa (18- Ellen), 8- May, 10- Gabi e 11- Dai; 9 – Debinha.
Técnico: Gezi Gonçalves

Gols – Marta (5 m 2º T) para o Santos e Gabi (25 m 2º T) para o Foz Cataratas Caixa.

Cartões amarelos – Janaína (Santos) e May (Foz Cataratas Caixa)

Árbitra : Katiucia da Mota Lima
Assistentes : Maiza Teles Paiva e Patrícia Carla de Oliveira

Classificação
1- Santos – 7 pontos ganhos (3 J, 2 V, 1 E, 6 GP, 3 GC, Saldo + 3)
2- Foz Cataratas Caixa – 5 pg (3 J, 1 V, 2 E, 5 GP, 4 GC, Saldo +1)
3- Palmeiras – 4 pg (3 J, 1 V, 1 E, 1 D, 4 GP, 3 GC, Saldo +1)
4- Umea (Suécia) – 0 pg (3 J, 3 D, 5 GP, 10 GC, Saldo -5)

Artilheiras:
- Hanna Pettersson (Umea) – 3
- Marta e Suzana (Santos), Debinha e Gabi (Foz), Nildinha e Bárbara – 2 gols
-, Maurine e Bia (Santos), Ogonna Chukwudi e Linda Molin (Umea), Gi (Foz Cataratas Caixa) – 1 gol

Tabela

Foz Cataratas Caixa 1 x 1 Palmeiras
Santos 4 x 2 Umea

Santos 1 x 0 Palmeiras
Umea 2 x 3 Foz Cataratas Caixa

Umea 1 x 3 Palmeiras
Santos 1 x 1 Foz Cataratas Caixa

15/01 (13h30) – Disputa do 3º lugar (Band Sports)
15/01 (16h) – Decisão do título (Band e Band Sports)

Ingressos à venda - Os ingressos do Torneio Internacional Interclubes de Futebol Feminino estão à venda ao valor de R$ 10,00 (setor abaixo das cabines de imprensa) e R$ 5,00 (restante do estádio).

Os interessados podem comprar na bilheteria da Arena da Fonte, de segunda-feira a sábado, das 11 às 17h. Os outros pontos de venda são: Futebol Shop, na rua São Bento 1134 e Di Gaspi, no Shopping Jaraguá, na via Heitor Souza Pinheiro 2270. A entrada do público será concentrada pelo portão principal do estádio.

O Torneio Internacional Interclubes de Futebol Feminino é organizado pela Sport Promotion, com apoio do Grupo Bandeirantes de Comunicação, da Federação Paulista de Futebol e da Confederação Brasileira de Futebol. O patrocínio é da Bombril.

Mais informações : http://interclubes.sportpromotion.com.br

Roberto Pierantoni – MTb.: 18.194 / Gustavo Lara
E-mail – vinicius@zdl.com.br / gustavo@zdl.com.br
Siga a ZDL no twitter: twitter.com/ZDLcomunica

Comments (0)

Palmeiras vence o Umea no Torneio Internacional Interclubes de Futebol Feminino

Palmeiras vence o Umea no Torneio Internacional Interclubes de Futebol Feminino

Posted on 12 janeiro 2011 by doro

O Palmeiras venceu o Umea, da Suécia, por 3 a 1, na abertura da terceira e decisiva rodada da fase classificatória do Torneio Internacional Interclubes de Futebol Feminino. A partida foi realizada na noite desta quarta-feira, no estádio Arena da Fonte, em Araraquara (SP). Os gols da equipe brasileira foram marcados Nildiinha e Bárbara (2); Sofia Jakobsson diminuiu para as suecas.

Com esta vitória, o Palmeiras torce para que o Santos ganhe do Foz Cataratas na partida de fundo por qualquer placar, para garantir presença na decisão da competição, sábado, às 16 horas, diante do time da Vila Belmiro, classificado para a final com uma rodada de antecipação. “Precisávamos do resultado, fui feliz em marcar dois gols e, assim, ajudar minha equipe”, afirmou Bárbara, a artilheira da partida.

O primeiro tempo acabou sendo um confronto de ataque contra defesa. O Palmeiras tentou de todas as maneiras abrir o placar e o Umea procurou se defender de qualquer maneira e arriscou ir para a frente em raros contra-ataques. A estratégia do time dirigido pelo técnico Jorge Barcellos acabou dando certo e, aos 35 minutos, Nildinha aproveitou cruzamento da direita de Bárbara para cabecear cruzado na saída da goleira sueca e fazer 1 a 0.

Foi o segundo tento da atacante alviverde na competição. Ela havia balançado às redes na primeira rodada, no empate em 1 a 1 diante do Foz Cataratas, do Paraná. “Foi um gol fundamental, pois abriu caminho para que nosso time chegasse a esta vitória importante, que ainda nos deixa vivo no torneio”, analisou a experiente jogadora.

O panorama da partida não mudou no segundo tempo. O time brasileiro continuou em busca do gol para ampliar a contagem, enquanto o sueco mal conseguia passar da linha do meio-campo. O domínio do Palmeiras foi recompensado aos 17 minutos. Bárbara aproveitou falha da zaga do Umea, chutou no canto direito da goleira Malin Reuterwall e marcou 2 a 0.

Dez minutos depois, a atacante Sofia Jakobsson aproveitou passe errado de Tânia Maranhão para Andreia para diminuir o placar. O terceiro gol palmeirense ocorreu após cruzamento da direita de Fernandinha, que Bárbara não desperdiçou ao tocar para as redes por cobertura: 3 a 1.

“É difícil jogar precisando de um placar elástico. Mesmo assim, ficamos em cima o jogo inteiro e foi gratificante ver a resposta positiva que o time deu nesta noite. Agora é torcer para um resultado favorável no jogo entre Santos e Foz”, resumiu o técnico Jorge Barcellos.

Além do empate com o Foz Cataratas na primeira rodada, o Palmeiras foi derrotado pelo Santos por 1 a 0. Já o Umea terminou a primeira fase sem somar pontos – perdeu do Foz Cataratas por 3 a 2 e do Santos por 4 a 2.

Mesmo derrotado novamente, o técnico Joakim Blomqvist saiu satisfeito. “Foi a melhor partida do meu time e contra a melhor equipe do torneio. Minhas jogadoras estavam bem atentas e o saldo da competição está sendo muito positivo principalmente para as jovens atletas do grupo”, analisou.

Ficha Técnica

Data: 12/1/2011

Local: Arena da Fonte, em Araraquara (SP)

Palmeiras 3- 1- Vanessa; 2- Fabiana, 3- Saymon (Jujuba), 4- Tânia Maranhão (capitã) e 5- Andréia; 7- Daniele (Fernandinha), 8- Formiga e 10- Rosana; 9- Nildinha (Michele Carioca) , 18- Bárbara e 19- Bruna
Técnico: Jorge Barcellos

Umea 1- 1- Malin Reuterwall; 5- Emma Berglund (capitã), 2- Tuija Hyyrynen, e 16 – Linnea Agren; 4- Emmelie Konradsson, 17- Pernilla Nordlund, 23- Fanny Hjelmi e 22 – Linda Molin; 88- Maria Nordbrandt, 9- Sofia Jakobsson e 11- Hanna Pettersson (Elin Landstrom).
Técnico: Joakim Blomqvist

Gols – Nildinha (35 m 1º T), Bárbara (17 e 35 m 2º T) para o Palmeiras. Hanna Pettersson (27 m 2º T) para o Umea.

Árbitra : Edilar Maria Ferreira
Assistentes : Renata Ruel de Brito e Debora Frik dos Santos

Classificação
1- Santos – 6 pontos ganhos (2 J, 2 V, 5 GP, 2 GC, Saldo + 3)
2- Palmeiras – 4 (3 J, 1 V, 1 E, 1 D, 4 GP, 3 GC, Saldo +1)
3- Foz Cataratas Caixa – 4 (2 J, 1 V, 1 E, 4 GP, 3 GC, Saldo +1)
4- Umea (Suécia) – 0 (3 J, 3 D, 5 GP, 10 GC, Saldo -5)

Artilheiras:
- Hanna Pettersson (Umea) – 3
- Suzana (Santos), Debinha (Foz), Nildinha e Bárbara – 2 gols
- Marta, Maurine e Bia (Santos), Ogonna Chukwudi e Linda Molin (Umea), Gabi e Gi (Foz Cataratas Caixa) – 1 gol

Tabela

Foz Cataratas Caixa 1 x 1 Palmeiras
Santos 4 x 2 Umea

Santos 1 x 0 Palmeiras
Umea 2 x 3 Foz Cataratas Caixa

Umea 1 x 3 Palmeiras
12/01 (22h) – Santos x Foz Cataratas Caixa (Band e Band Sports)

15/01 (13h30) – Disputa do 3º lugar (Band Sports)
15/01 (16h) – Decisão do título (Band e Band Sports)

Ingressos à venda - Os ingressos do Torneio Internacional Interclubes de Futebol Feminino estão à venda ao valor de R$ 10,00 (setor abaixo das cabines de imprensa) e R$ 5,00 (restante do estádio).

Os interessados podem comprar na bilheteria da Arena da Fonte, de segunda-feira a sábado, das 11 às 17h. Os outros pontos de venda são: Futebol Shop, na rua São Bento 1134 e Di Gaspi, no Shopping Jaraguá, na via Heitor Souza Pinheiro 2270. A entrada do público será concentrada pelo portão principal do estádio.

O Torneio Internacional Interclubes de Futebol Feminino é organizado pela Sport Promotion, com apoio do Grupo Bandeirantes de Comunicação, da Federação Paulista de Futebol e da Confederação Brasileira de Futebol. O patrocínio é da Bombril.

Roberto Pierantoni – MTb.: 18.194 / Gustavo Lara
E-mail – vinicius@zdl.com.br / gustavo@zdl.com.br
Siga a ZDL no twitter: twitter.com/ZDLcomunica

Foto – Nildinha fez seu segundo gol no torneio. Crédito: Bruno Miani / ZDL

Comments (0)

Marta volta ao Brasil e pede mais campeonatos de futebol feminino

Marta volta ao Brasil e pede mais campeonatos de futebol feminino

Posted on 12 janeiro 2011 by doro

A brasileira Marta, recentemente eleita pela quinta vez consecutiva a melhor jogadora de futebol feminino do mundo pela FIFA em premiação realizada em Zurique, na Suíça, na segunda-feira, chegou a São Paulo nesta quarta-feira e veio direto para Araraquara, onde está disputando o Torneio Internacional Interclubes de Futebol Feminino. A jogadora defende o Santos, na noite desta quarta-feira, diante do Foz Cataratas Caixa.

Depois de enfrentar 12 horas de vôo da Europa até o aeroporto de Cumbica, Marta enfrentou mais quatro horas de estrada para chegar a Araraquara. Bem humorada, foi recebida com festa pelas suas companheiras do Santos no hotel em que a delegação está hospedada. Saudada com bolo e champanhe e depois de cumprimentar uma a uma das jogadoras ela foi obrigada a fazer discurso. “Não estava esperando mais um prêmio e nem esta festa aqui. A felicidade é grande e vamos fazer o futebol feminino crescer e que hoje à noite possamos jogar muito”, encerrou.

Em seguida, a jogadora do Santos contou, em entrevista para a imprensa, a sensação de ter conquistado mais uma vez o prêmio de melhor do mundo. “Fiquei surpresa pois a cada ano que passa vemos o crescimento do futebol feminino, o que aumenta a competitividade. As minhas concorrentes eram de alto nível e o resultado me deixou muito feliz e satisfeita. Sem as minhas companheiras e as pessoas que fazem o futebol feminino se manter não seria possível chegar até aqui”, enfatizou Marta.

A jogadora de 24 anos falou também sobre o panorama atual do futebol feminino e o que precisa ser feito no país para que a modalidade cresca e tenha espaço. “As seleções da Alemanha, Suécia e Estados Unidos sempre chegam muito fortes nas competições internacionais. E isso acontece porque nesses países existem ligas competitivas, bem disputadas e com um período de trabalho mais longo. Apesar de no estado de São Paulo existir bons times, falta mais opção de trabalho em outros locais para que a gente possa ter uma atividade mais longa e chegar bem nas competições”, explicou.

A ala Maurine, do Santos, esteve presente na coletiva e foi citada por Marta mais uma vez como uma das melhores do mundo em atividade. Emocionada ela agradeceu o apoio da colega e parabenizou-a pelo feito. “Fiquei surpresa quando soube que ela tinha citado meu nome na premiação. É um orgulho jogar ao lado de uma pessoa que conquistou cinco vezes este título. Além de ser uma companheira de clube, a Marta é uma amiga muito querida e merece tudo isso”, disse Maurine.

Falta patrocínio, investimentos e mais clubes para a modalidade Dirigentes e técnico que participam do Torneio Internacional Interclubes de Futebol Feminino também opinaram sobre o momento da modalidade. Na opinião deles, falta investimento, mais equipes e um Campeonato Brasileiro.

Para Ademar Fonseca Nogueira Júnior, o Dema, coordenador técnico do futebol feminino do Palmeiras e um dos pioneiros do esporte no país, as brasileiras possuem todos os requisitos para serem as melhores do mundo. “As jogadoras brasileiras têm muito talento e capacidade. Nossa seleção não perde para nenhuma outra do mundo neste sentido, tanto que conquistou duas medalhas de prata em olimpíadas (2004 e 2008) e foi vice-campeã mundial (2007). O que falta é investimento por parte dos clubes e o cuidado em manter a modalidade, para que as federações possam criar um Campeonato Brasileiro”, assinalou Dema.

Já para Rubens Quincas Ovalle Jr., supervisor de futebol feminino do Santos, falta mais incentivo por parte dos patrocinadores. “O futebol feminino ainda é amador e isso atrapalha na captação de patrocinadores. Na minha opinião a única maneira da modalidade crescer no Brasil é com a profissionalização das atletas”, enfatizou Rubinho. O mesmo pensa Gustavo Feliciano, treinador da equipe santista. “As jogadoras são muito profissionais e tem um talento nato. Os outros clubes precisam olhar com atenção para isso e dar mais valor para as atletas. Potencial elas tem de sobra”, explicou Gustavo.

Paulo Roberto Bastos, diretor da Sport Promotion, agência que organiza o Torneio Interclubes, e foi responsável nos últimos anos pelos principais campeonatos de futebol feminino, tem opinião parecida.

“A CBF está cumprindo a sua parte : mantém a seleção principal e as seleções das categorias de base. Utiliza toda a estrutura da Granja Comary (a mesma da seleção masculina) para a preparação dessas seleções. Em nível de clubes, promove anualmente a Copa do Brasil de Futebol Feminino. Apenas algumas Federações Estaduais promovem campeonatos da categoria. A principal delas e a mais ativa é a Federação Paulista que mantém anualmente o seu campeonato. O que então está faltando para a definitiva consolidação da modalidade é a criação de departamentos de futebol feminino nos clubes de futebol profissional, a exemplo do que vem fazendo o Santos e agora o Palmeiras, com equipes em todas as faixas etárias para garantir a formação de novas gerações que servirão as seleções brasileiras nos mundiais e olimpíadas”, analisou.

“Em se tratando de apoios governamentais, temos a SEME – Secretaria de Esportes da Prefeitura de São Paulo – que vem apoiando ativamente o futebol feminino nacional, com a realização do Torneio Internacional Cidade de São Paulo (de Futebol Feminino de Seleções) desde 2009, e que já entrou para o calendário oficial esportivo da cidade de São Paulo, acontecendo todo mês de dezembro. Nos meios de comunicação, o Grupo Bandeirantes de Comunicação desde sempre apoiou efetivamente o futebol feminino brasileiro. Na iniciativa privada, desde dezembro de 2010, contamos com o apoio da Bom Bril, patrocinadora dos dois campeonatos que organizamos recentemente”, acrescentou Bastos.

Jogos decisivos na noite desta quarta-feira – A última rodada da fase de classificação do Torneio Internacional Interclubes de Futebol Feminino promete jogos emocionantes na Arena da Fonte, em Araraquara (SP), nesta quarta-feira. O lanterna Umea joga contra o Palmeiras às 19h30, e o Santos enfrenta o Foz Cataratas Caixa, do Paraná, às 22h.

O Palmeiras empatou com o Foz Cataratas Caixa por 1×1 e perdeu para o Santos por 1×0 e precisa de um resultado positivo contra as suecas e de uma vitória do Santos contra as paranaenses para ter chances de avançar para a final. Para o Foz Cataratas basta um empate para garantir a outra vaga na decisão, já que o Santos assegurou seu lugar na segunda rodada, no domingo.

Os destaques da equipe alviverde são: a atacante Nildinha, a volante Formiga e a meio campista Rosana. As duas últimas serviram a Seleção Brasileira vice-campeã do II Torneio Cidade de São Paulo, em dezembro, em São Paulo. O Umea não tem mais chances de classificação para a final. Mesmo assim o técnico Joakim Blomqvist acredita em um bom resultado contra o Palmeiras.

O Foz Cataratas Caixa precisa de um empate contra o Santos para repetir o confronto na final, no próximo sábado, às 16 horas. Os destaques da equipe são a atacante Debinha, uma das artilheiras do torneio, com dois gols, e a meia atacante Gabi, criadora das jogadas de ataque do time.

A equipe da baixada santista já garantiu um lugar na final, já que venceu as duas primeiras partidas (4×2 contra o Umea e 1×0 contra o Palmeiras). Foz e Santos jogaram duas vezes em 2010 pela Copa do Brasil. Na primeira partida, empate em 1 x 1, em 23 de setembro, e no segundo jogo a vitória foi do Foz por 1 x 0, em 30 de setembro.

Classificação
1- Santos – 6 pontos ganhos (2 J, 2 V, 5 GP, 2 GC, Saldo + 3)
2- Foz Cataratas Caixa – 4 (2 J, 1 V, 1 E, 4 GP, 3 GC, Saldo +1)
3- Palmeiras – 1 (2 J, 1 E, 1 D, 1 GP, 2 GC, Saldo -1)
4- Umea (Suécia) – 0 (2 J, 2 D, 4 GP, 7 GC, Saldo -3)

Artilheiras:
- Suzana (Santos), Debinha (Foz) e Hanna Pettersson (Umea) – 2 gols
- Marta, Maurine e Bia (Santos), Ogonna Chukwudi e Linda Molin (Umea), Gabi e Gi (Foz Cataratas Caixa) e Nildinha (Palmeiras) – 1 gol

Tabela

Foz Cataratas Caixa 1 x 1 Palmeiras
Santos 4 x 2 Umea

Santos 1 x 0 Palmeiras
Umea 2 x 3 Foz Cataratas Caixa

12/01 (19h30) – Umea x Palmeiras (Band Sports)
12/01 (22h) – Santos x Foz Cataratas Caixa (Band e Band Sports)

15/01 (13h30) – Disputa do 3º lugar (Band Sports)
15/01 (16h) – Decisão do título (Band e Band Sports)

Ingressos à venda - Os ingressos do Torneio Internacional Interclubes de Futebol Feminino estão à venda ao valor de R$ 10,00 (setor abaixo das cabines de imprensa) e R$ 5,00 (restante do estádio).

Os interessados podem comprar na bilheteria da Arena da Fonte, de segunda-feira a sábado, das 11 às 17h. Os outros pontos de venda são: Futebol Shop, na rua São Bento 1134 e Di Gaspi, no Shopping Jaraguá, na via Heitor Souza Pinheiro 2270. A entrada do público será concentrada pelo portão principal do estádio.

O Torneio Internacional Interclubes de Futebol Feminino é organizado pela Sport Promotion, com apoio do Grupo Bandeirantes de Comunicação, da Federação Paulista de Futebol e da Confederação Brasileira de Futebol. O patrocínio é da Bombril.

Credenciamento - Os veículos de comunicação interessados em fazer a cobertura do Torneio Interclubes de Futebol Feminino devem enviar seus pedidos para a ZDL, pelo e-mail vinicius@zdl.com.br, definindo o nome e função dos profissionais.

As credenciais e coletes, aprovadas pela assessoria de imprensa, serão entregues na Arena da Fonte, antes dos jogos, na entrada da sala de imprensa. As credenciais não serão nominais. Portanto, os veículos que tiverem rodízio de seus profissionais precisam credenciar apenas o número de jornalistas com a respectiva função.

Vinícius Cabral – Mtb.: 47.121 / Gustavo Lara
E-mail – vinicius@zdl.com.br / gustavo@zdl.com.br
Siga a ZDL no twitter: twitter.com/ZDLcomunica

Foto – Marta e Maurine. Crédito: Bruno Miani / ZDL

Comments (2)

Última rodada define adversário do Santos na final do Torneio Interclubes Feminino

Última rodada define adversário do Santos na final do Torneio Interclubes Feminino

Posted on 11 janeiro 2011 by doro

A terceira e última rodada da fase de classificação do Torneio Internacional Interclubes de Futebol Feminino promete jogos emocionantes na Arena da Fonte, em Araraquara (SP), nesta quarta-feira. O lanterna Umea joga contra o Palmeiras às 19h30, com transmissão da Band Sports e, na sequência, o Santos enfrenta o Foz Cataratas Caixa, do Paraná, às 22h, televisionado pela Band e Band Sports. A grande atração da partida será a presença de Marta, que acabou de ganhar, pela quinta vez consecutiva, o título de melhor do mundo e está retornando à Araraquara nesta quarta-feira.

A equipe do Palmeiras, que empatou com o Foz Cataratas Caixa por 1×1 e perdeu para o Santos por 1×0, precisa de um resultado positivo contra as suecas e de uma vitória do Santos contra as paranaenses para ter chances de avançar para a final. Para o Foz Cataratas basta um empate para garantir a outra vaga na decisão, já que o Santos assegurou seu lugar na segunda rodada, no domingo, ao vencer o Palmeiras.

“Sabemos que será uma partida difícil, já que as suecas não tem mais a obrigação da vitória. Nosso time precisa jogar com velocidade pelas pontas e pressionar o Umea, assim como fizemos com o Santos. Não podemos deixar que elas saiam com facilidade quando estiverem com a posse da bola, pois a atacante Sofia Jacobsson é muito perigosa e pode definir a partida”, explicou Jorge Barcellos, técnico do Palmeiras e que dirigiu a seleção brasileira nos vice-campeonatos da Copa do Mundo de 2007 e nos Jogos Olímpicos de 2008.

Os destaques da equipe alviverde e que poderão fazer a diferença são: a atacante Nildinha, a volante Formiga e a meio campista Rosana. As duas últimas serviram a Seleção Brasileira vice-campeã do II Torneio Internacional Cidade de São Paulo, realizado em dezembro no estádio do Pacembú, em São Paulo. “Temos que encaixar o passe certo, ter tranquilidade e jogar pelos lados, já que as suecas compactam muito bem pelo meio do campo. Se elas jogarem, recuadas como no jogo contra o Foz Cataratas, temos de chutar de fora da área com inteligência”, analisou Jorge Barcellos.

O Umea não tem mais chances de classificação para a final. Mesmo assim o técnico Joakim Blomqvist acredita em um bom resultado contra o Palmeiras. “Fizemos boas partidas contra o Santos e o Foz Cataratas, mas pecamos na parte defensiva. Conversamos bastante para que o time jogue compacto e não cometa os mesmos erros. Também temos de ter mais paciência quanto estivermos com a posse de bola”, antecipou o treinador.

Foz Cataratas Caixa precisa de um empate para ir à final - A equipe do Foz Cataratas Caixa precisa apenas de um empate contra o Santos para repetir o confronto na final, a ser realizada no próximo sábado, dia 15, às 16 horas. Entre os destaques da equipe paranaense estão a atacante Debinha, uma das artilheiras do torneio, com dois gols, e a meia atacante Gabi, autora de um gol e criadora das jogadas de ataque do time.

“Foz e Santos é sempre uma grande partida. Jogamos duas vezes contra elas em 2010 pela Copa do Brasil e não perdemos (empate em 1 x 1, em 23 de setembro, e vitória por 1 x 0, em 30 de setembro). Acredito que para elas será um jogo de auto-afirmação e por isso precisamos entra em campo com a atenção redobrada para garantir vaga na decisão”, enfatizou Gezi Gonçalves, técnico do time paranaense.

A equipe da baixada santista já garantiu antecipadamente um lugar na final, já que venceu as duas primeiras partidas (4×2 contra o Umea e 1×0 contra o Palmeiras). Mas para Gustavo Feliciano, treinador do Santos, sua equipe entrará em campo com as melhores opções. “Não pretendo poupar nenhuma atleta para este jogo contra o Foz Cataratas. A equipe precisa ganhar ritmo neste início de temporada. Nosso único desfalque continuará sendo a Thais e vamos em busca de mais uma vitória”, assegurou.

Citada por Marta, na Suíça, como uma das melhores jogadoras do mundo, a ala Maurine ficou surpresa e feliz. “Fico feliz com essa declaração, pois a Marta é uma pessoa muito querida. É um sonho de todas as meninas ganhar o prêmio de melhor do mundo e com humildade espero chegar lá um dia”, disse.

Marta retorna ao Brasil, dá entrevista em Araraquara e é homenageada antes do jogo do Santos – Depois de ser eleita pela Fifa a melhor jogadora do mundo, pela quinta vez consecutiva, na segunda-feira, Marta retorna ao Brasil. A meia atacante do Santos chega a Cumbica, em Guarulhos, na quarta-feira, pela manhã, e vem direto para Araraquara, onde está disputando o Torneio Internacional Interclubes de Futebol Feminino.

A jogadora atenderá a imprensa, às 14 horas, no Gran Hotel Morada do Sol, que fica na Avenida Brasil, 521, no centro da cidade. À noite, a partir de 22 horas, Marta já estará em ação pelo Santos, na Arena da Fonte, fechando a terceira rodada do Torneio Internacional diante do Foz Cataratas Caixa. Antes do jogo, a meia atacatante receberá uma homenagem pelo feito inédito.

Os jornalistas interessados na cobertura da coletiva de Marta devem enviar e-mail para vinicius@zdl.com.br, com o nome e função dos profissionais.

Classificação
1- Santos – 6 pontos ganhos (2 J, 2 V, 5 GP, 2 GC, Saldo + 3)
2- Foz Cataratas Caixa – 4 (2 J, 1 V, 1 E, 4 GP, 3 GC, Saldo +1)
3- Palmeiras – 1 (2 J, 1 E, 1 D, 1 GP, 2 GC, Saldo -1)
4- Umea (Suécia) – 0 (2 J, 2 D, 4 GP, 7 GC, Saldo -3)

Artilheiras:
- Suzana (Santos), Debinha (Foz) e Hanna Pettersson (Umea) – 2 gols
- Marta, Maurine e Bia (Santos), Ogonna Chukwudi e Linda Molin (Umea), Gabi e Gi (Foz Cataratas Caixa) e Nildinha (Palmeiras) – 1 gol

Tabela

Foz Cataratas Caixa 1 x 1 Palmeiras
Santos 4 x 2 Umea

Santos 1 x 0 Palmeiras
Umea 2 x 3 Foz Cataratas Caixa

12/01 (19h30) – Umea x Palmeiras (Band Sports)
12/01 (22h) – Santos x Foz Cataratas Caixa (Band e Band Sports)

15/01 (13h30) – Disputa do 3º lugar (Band Sports)
15/01 (16h) – Decisão do título (Band e Band Sports)

Ingressos à venda - Os ingressos do Torneio Internacional Interclubes de Futebol Feminino estão à venda ao valor de R$ 10,00 (setor abaixo das cabines de imprensa) e R$ 5,00 (restante do estádio).

Os interessados podem comprar na bilheteria da Arena da Fonte, de segunda-feira a sábado, das 11 às 17h. Os outros pontos de venda são: Futebol Shop, na rua São Bento 1134 e Di Gaspi, no Shopping Jaraguá, na via Heitor Souza Pinheiro 2270. A entrada do público será concentrada pelo portão principal do estádio.

O Torneio Internacional Interclubes de Futebol Feminino é organizado pela Sport Promotion, com apoio do Grupo Bandeirantes de Comunicação, da Federação Paulista de Futebol e da Confederação Brasileira de Futebol. O patrocínio é da Bombril.

Credenciamento - Os veículos de comunicação interessados em fazer a cobertura do Torneio Interclubes de Futebol Feminino devem enviar seus pedidos para a ZDL, pelo e-mail vinicius@zdl.com.br, definindo o nome e função dos profissionais.
As credenciais e coletes, aprovadas pela assessoria de imprensa, serão entregues na Arena da Fonte, antes dos jogos, na entrada da sala de imprensa. As credenciais não serão nominais. Portanto, os veículos que tiverem rodízio de seus profissionais precisam credenciar apenas o número de jornalistas com a respectiva função.

Vinícius Cabral – Mtb.: 47.121 / Gustavo Lara
E-mail – vinicius@zdl.com.br / gustavo@zdl.com.br
Siga a ZDL no twitter: twitter.com/ZDLcomunica

Foto – Última rodada promete emoção. Crédito: Bruno Miani / ZDL

Comments (0)

Marta chega ao Brasil e dá entrevista nesta quarta-feira

Marta chega ao Brasil e dá entrevista nesta quarta-feira

Posted on 11 janeiro 2011 by doro

Depois de ser eleita pela Fifa a melhor jogadora do mundo, pela quinta vez consecutiva, na segunda-feira, Marta retorna ao Brasil. A meia atacante do Santos chega a Cumbica, em Guarulhos, na quarta-feira, pela manhã, e vem direto para Araraquara, onde está disputando o Torneio Internacional Interclubes de Futebol Feminino.

A jogadora atenderá a imprensa, às 14 horas, no Gran Hotel Morada do Sol, que fica na Avenida Brasil, 521, no centro da cidade. À noite, a partir de 22 horas, Marta já estará em ação pelo Santos, na Arena da Fonte, fechando a terceira rodada do Torneio Internacional diante do Foz Cataratas Caixa. O Santos já está classificado para a decisão do campeonato, no próximo sábado, às 16 horas e aguarda o adversário que será o próprio Foz Cataratas Caixa ou Palmeiras, que joga às 19h30 contra o Umea, da Suécia.

Os jornalistas interessados na cobertura da coletiva de Marta devem enviar e-mail para vinicius@zdl.com.br, com o nome e função dos profissionais.

Classificação
1- Santos – 6 pontos ganhos (2 J, 2 V, 5 GP, 2 GC, Saldo + 3)
2- Foz Cataratas Caixa – 4 (2 J, 1 V, 1 E, 4 GP, 3 GC, Saldo +1)
3- Palmeiras – 1 (2 J, 1 E, 1 D, 1 GP, 2 GC, Saldo -1)
4- Umea (Suécia) – 0 (2 J, 2 D, 4 GP, 7 GC, Saldo -3)

Artilheiras:
- Suzana (Santos), Debinha (Foz) e Hanna Pettersson (Umea) – 2 gols
- Marta, Maurine e Bia (Santos), Ogonna Chukwudi e Linda Molin (Umea), Gabi e Gi (Foz Cataratas Caixa) e Nildinha (Palmeiras) – 1 gol

Tabela
Foz Cataratas Caixa 1 x 1 Palmeiras
Santos 4 x 2 Umea

Santos 1 x 0 Palmeiras
Umea 2 x 3 Foz Cataratas Caixa

12/01 (19h30) – Umea x Palmeiras (Band Sports)
12/01 (22h) – Santos x Foz Cataratas Caixa (Band e Band Sports)

15/01 (13h30) – Disputa do 3º lugar (Band Sports)
15/01 (16h) – Decisão do título (Band e Band Sports)

Ingressos à venda - Os ingressos do Torneio Internacional Interclubes de Futebol Feminino estão à venda ao valor de R$ 10,00 (setor abaixo das cabines de imprensa) e R$ 5,00 (restante do estádio).

Os interessados podem comprar na bilheteria da Arena da Fonte, de segunda-feira a sábado, das 11 às 17h. Os outros pontos de venda são: Futebol Shop, na rua São Bento 1134 e Di Gaspi, no Shopping Jaraguá, na via Heitor Souza Pinheiro 2270. A entrada do público será concentrada pelo portão principal do estádio.

O Torneio Internacional Interclubes de Futebol Feminino é organizado pela Sport Promotion, com apoio do Grupo Bandeirantes de Comunicação, da Federação Paulista de Futebol e da Confederação Brasileira de Futebol. O patrocínio é da Bombril.

Vinícius Cabral – Mtb.: 47.121
E-mail – vinicius@zdl.com.br
Siga a ZDL no twitter: twitter.com/ZDLcomunica

Foto – Marta falará com os jornalistas nesta quarta-feira. Crédito: Bruno Miani / ZDL

Comments (0)

Marta é eleita a melhor jogadora do mundo pela quinta vez consecutiva

Marta é eleita a melhor jogadora do mundo pela quinta vez consecutiva

Posted on 10 janeiro 2011 by doro

Com 24 anos de idade e 10 de carreira, Marta atingiu o topo do futebol mundial pela quinta vez consecutiva. A camisa 10 do Santos e seleção brasileira superou as alemãs Fatmire Bajramaj e Birgit Prinz e ficou com o prêmio de melhor jogadora do planeta, em 2010, em cerimônia realizada em Zurique, na Suíça, nesta segunda-feira.

“Alguém me disse que eu tinha de chorar e estou eu aqui chorando de novo. Este foi um ano especial pelo êxito que tive em várias equipes. Ser também eleita embaixadora da ONU foi uma grande honra e quero agradecer, primeiramente a minha família, às minhas companheiras do FC Gold Pride, da Seleção Brasileira e do Santos e às pessoas que trabalham comigo”, afirmou Marta, a maior vencedora da história dos prêmios da FIFA, ao receber o troféu.

Nas 10 edições do prêmio, a alagoana de Dois Riachos, esteve presente em sete – além das cinco ocasiões em que ficou com o primeiro lugar (de 2006 a 2010), ela ainda tem um segundo em 2005 e um terceiro no ano de 2004. Mesmo com tanta experiência na premiação da FIFA, que pela primeira vez aconteceu em conjunto com a Revista France Football, a rainha do futebol não consegue segurar o nervosismo.

“Quero agradecer a Deus por tudo que acontece na minha vida. Primeiro coletivamente e depois individualmente”, acrescentou emocionada a meia atacante brasileira, sendo muito aplaudida pelo público presente em Zurique.

Carreira meteórica - Marta começou a carreira no Vasco, em 2000, aos 14 anos de idade. Após dois anos no Rio de Janeiro, foi para o Santa Cruz, do Recife, onde ficou mais duas temporadas. Na sequência, foi para o Umea, da Suécia, clube que atuou de 2004 a 2009, onde apareceu para o futebol internacional e conquistou duas Copas da UEFA e três campeonatos nacionais.

Em 2010, fez parte do elenco do Los Angeles Sol (EUA), teve breve passagem pelo Santos e voltou aos Estados Unidos, para ser campeã pelo FC Gold Pride. Pela seleção, foi artilheira do Sul-Americano conquistado pelo Brasil, que garantiu vaga para a Copa do Mundo deste ano na Alemanha e para os Jogos Olímpicos da Inglaterra em 2012. “Os meus maiores sonhos na carreira são os títulos da Copa e da Olimpíada”, contou Marta, que já marcou 63 gols em 60 partidas pela seleção e foi vice-campeã mundial em 2007 e olímpica em 2008.

Ela também ficou com a artilharia na campanha do vice-campeonato no Torneio Cidade de São Paulo, realizado em dezembro. Em 2011 assinou contrato de dois meses com o Santos, clube onde levantou a taça da Libertadores 2009, e depois voltará para os Estados Unidos, ainda sem clube definido.

Rainha voltará para o Torneio Interclubes em Araraquara -Nesta quarta-feira Marta voltará ao Brasil e irá direto para Araraquara, onde disputa pelo Santos o Torneio Internacional Interclubes de Futebol Feminino.

O Peixe encara o Foz Cataratas Caixa na quarta-feira, às 22 horas, no jogo de fundo que encerra a fase classificatória da competição. A primeira partida de Marta como a melhor do mundo cinco vezes terá transmissão ao vivo pelas TVs Band e Band Sports.

No domingo, a estrela jogou meio tempo e foi decisiva, com assistência milimétrica para o gol de Suzana, que garantiu a vitória de sua equipe por 1 a 0 diante do Palmeiras. No intervalo do jogo, Marta pegou um helicóptero rumo à Guarulhos (SP), de onde viajou até o local da premiação. Na estréia o Santos havia vencido do Umea, da Suécia, e com 6 pontos ganhos confirmou a classificação para a decisão do torneio, no sábado dia 15, diante do Foz Cataratas Caixa ou Palmeiras.

Marta dá entrevista nesta quarta-feira em Araraquara - Logo depois de chegar a Araraquara, na quarta-feira, Marta concederá entrevista coletiva , a partir das 14 horas, no Gran Hotel Morada do Sol, que fica na Avenida Brasil, 521, no centro da cidade. O hotel hospeda a delegação do Santos durante o Torneio Internacional Interclubes de Futebol Feminino.

Os jornalistas interessados em cobrir a coletiva devem enviar e-mail para vinicius@zdl.com.br, com o nome e função dos profissionais.

Classificação
1- Santos – 6 pontos ganhos (2 J, 2 V, 5 GP, 2 GC, Saldo + 3)
2- Foz Cataratas Caixa – 4 (2 J, 1 V, 1 E, 4 GP, 3 GC, Saldo +1)
3- Palmeiras – 1 (2 J, 1 E, 1 D, 1 GP, 2 GC, Saldo -1)
4- Umea (Suécia) – 0 (2 J, 2 D, 4 GP, 7 GC, Saldo -3)

Artilheiras:
- Suzana (Santos), Debinha (Foz) e Hanna Pettersson (Umea) – 2 gols
- Marta, Maurine e Bia (Santos), Ogonna Chukwudi e Linda Molin (Umea), Gabi e Gi (Foz Cataratas Caixa) e Nildinha (Palmeiras) – 1 gol

Tabela
Foz Cataratas Caixa 1 x 1 Palmeiras
Santos 4 x 2 Umea

Santos 1 x 0 Palmeiras
Umea 2 x 3 Foz Cataratas Caixa

12/01 (19h30) – Umea x Palmeiras (Band Sports)
12/01 (22h) – Santos x Foz Cataratas Caixa (Band e Band Sports)

15/01 (13h30) – Disputa do 3º lugar (Band Sports)
15/01 (16h) – Decisão do título (Band e Band Sports)

Ingressos à venda - Os ingressos do Torneio Internacional Interclubes de Futebol Feminino estão à venda ao valor de R$ 10,00 (setor abaixo das cabines de imprensa) e R$ 5,00 (restante do estádio).

Os interessados podem comprar na bilheteria da Arena da Fonte, de segunda-feira a sábado, das 11 às 17h. Os outros pontos de venda são: Futebol Shop, na rua São Bento 1134 e Di Gaspi, no Shopping Jaraguá, na via Heitor Souza Pinheiro 2270. A entrada do público será concentrada pelo portão principal do estádio.

O Torneio Internacional Interclubes de Futebol Feminino é organizado pela Sport Promotion, com apoio do Grupo Bandeirantes de Comunicação, da Federação Paulista de Futebol e da Confederação Brasileira de Futebol. O patrocínio é da Bombril.

Credenciamento - Os veículos de comunicação interessados em fazer a cobertura do Torneio Interclubes de Futebol Feminino devem enviar seus pedidos para a ZDL, pelo e-mail vinicius@zdl.com.br, definindo o nome e função dos profissionais.

As credenciais e coletes, aprovadas pela assessoria de imprensa, serão entregues na Arena da Fonte, antes dos jogos, na entrada da sala de imprensa. As credenciais não serão nominais. Portanto, os veículos que tiverem rodízio de seus profissionais precisam credenciar apenas o número de jornalistas com a respectiva função.

Vinícius Cabral – Mtb.: 47.121
E-mail – vinicius@zdl.com.br
Siga a ZDL no twitter: twitter.com/ZDLcomunica

Foto – Marta disputa o Torneio Interclubes, em Araraquara. Crédito: Bruno Miani / ZDL

Comments (0)

Umea aposta em yoga e meditação no Torneio Internacional de Futebol Feminino

Umea aposta em yoga e meditação no Torneio Internacional de Futebol Feminino

Posted on 10 janeiro 2011 by doro

A equipe sueca do Umea, uma das participantes do Torneio Internacional Interclubes de Futebol Feminino, que está sendo realizado desde o dia 5, na Arena da Fonte, em Araraquara, aposta no trabalho de uma profissional não muito conhecida aqui no Brasil, a mental coach. O trabalho consiste em desenvolver, por meio de yoga e meditação, o controle da mente e corpo das atletas para ocasiões de pressão e adversidade durante os jogos.

Segundo a psicóloga Madelene Sundberg, mental coach do Umea, a yoga ajuda no controle emocional das jogadoras na hora da partida. “Fazemos uma sessão em grupo por semana, com duração de aproximadamente 1h30min, onde as atletas exercitam a mente e o corpo por meio de atividades relaxantes. Acreditamos neste processo, pois sabemos que muitas delas, quando estão em campo, sofrem pressão e precisam saber lidar com este sentimento. Por meio da yoga e meditação, elas aprendem a controlar os impulsos e a superar obstáculos com inteligência”, explica.

Além da sessão semanal, as atletas recebem a recomendação de praticar alguns exercícios individualmente em casa, todos os dias, por cerca de 30 minutos. “Não obrigamos as jogadoras a praticarem todos os dias, mesmo porque algumas delas não gostam e precisamos respeitar isso. Mas a maioria aceita o desafio e aprova esta medida”, enfatiza Madelene. Durante o torneio, em Araraquara, as jogadoras fizeram yoga diariamente, uma hora pela manhã. Além disso, aproveitaram também o verão em Araraquara para relaxar na piscina do hotel, pois chegaram do intenso inverno europeu.

Para o técnico do Umea, Joakim Blomqvist, o trabalho da mental Coach é tão importante quanto a parte física e tática. “Sabemos que no futebol é essencial treinar a parte física e tática, mas acreditamos que para o perfeito aproveitamento das atletas em campo é preciso trabalhar a mente e o equilíbrio do corpo. Em uma situação de pressão, quando a atleta sente medo, a yoga e meditação são de extrema importância, pois conhecendo a si mesma a confiança aumenta e a probabilidade de sucesso ao final da partida é maior”, explica.

Estrutura técnica do Umea - O staff do Umea é composto pelo treinador, dois assistentes, roupeiro, fisioterapeuta, diretor de marketing, psicólogo e mental coach. Durante a pré-temporada, a equipe sueca pratica dez sessões de treinamento: duas de musculação, duas de corrida, uma de yoga e meditação e cinco no campo, com bola.

O calendário da equipe é parecido com o dos times masculinos aqui no Brasil. Elas jogam geralmente duas vezes por semana na temporada regular. “Atualmente o calendário faz com que as jogadoras tenham de se esforçar mais fisicamente. Por isso é essencial o trabalho mental da yoga e meditação, juntamente com o psicólogo. Hoje as atletas entendem que, com o equilíbrio do corpo junto com a mente, as possibilidades de vitória são muito maiores”, explica Joakim Blomqvist.

Anos de aprendizado com Marta, a melhor do mundo- Entre 2004 e 2009, as jogadoras do Umea tiveram a oportunidade de conviver com a brasileira Marta, premiada quatro vezes consecutivas como a melhor jogadora do mundo pela FIFA. Em 103 partidas disputadas com a camisa do time sueco, Marta anotou 111 gols, o que corresponde a uma média superior a um gol por jogo.

Para Maria Bergkvist, atual assistente técnica do Umea e que jogou com a brasileira na época, conviver com ela foi um aprendizado extraordinário. “Quando a Marta começou a treinar conosco, precebemos que era uma jogadora diferente. Ela sempre queria vencer, não importava se era treino ou jogo. Esse tempo de convivência foi importante tanto para a gente quanto para ela, pois a jogadora brasileira tem a característica de jogar individualmente e no Umea Marta aprendeu a trabalhar em equipe. Isso ajudou bastante no seu desenvolvimento. Hoje vejo ela jogar em equipe, o que me deixa muito feliz”, comemora.

Um dos melhores times europeus – O Umea é considerado um dos melhores times da Europa. A equipe venceu a Copa da UEFA nas temporadas de 2002/2003 e 2003/2004, foi vice em vice-campeão em 2001/2002, 2006/2007 e 2007/2008 e tem sete títulos nacionais (2000, 2001, 2002, 2005, 2006, 2007 e 2008). No Torneio Internacional Interclubes em Araraquara, o time sueco ainda não venceu. Perdeu para o Santos na estréia por 4 a 2 e para o Foz Cataratas Caixa, no domingo, por 3 a 2. Na quarta-feira, dia 12, abre a rodada diante do Palmeiras, às 19h30. No jogo de fundo, às 22 horas, o Santos pega o Foz Cataratas Caixa.

Na terça-feira, dia 11, as quatro equipes que participam do torneio treinarão nos seguintes locais: o Umea realizará atividades no Pinheirinho, às 10h30; o Foz Cataratas Caixa treinará no Jardim Botânico, às 16h30; o Santos no Clube Araraquarense, às 16h; e o Palmeiras realizará atividades no Jardim Botânico, às 18h30.

Classificação
1- Santos – 6 pontos ganhos (2 J, 2 V, 5 GP, 2 GC, Saldo + 3)
2- Foz Cataratas Caixa – 4 (2 J, 1 V, 1 E, 4 GP, 3 GC, Saldo +1)
3- Palmeiras – 1 (2 J, 1 E, 1 D, 1 GP, 2 GC, Saldo -1)
4- Umea (Suécia) – 0 (2 J, 2 D, 4 GP, 7 GC, Saldo -3)

Artilheiras:
- Suzana (Santos), Debinha (Foz) e Hanna Pettersson (Umea) – 2 gols
- Marta, Maurine e Bia (Santos), Ogonna Chukwudi e Linda Molin (Umea), Gabi e Gi (Foz Cataratas Caixa) e Nildinha (Palmeiras) – 1 gol

Tabela
Foz Cataratas Caixa 1 x 1 Palmeiras
Santos 4 x 2 Umea

Santos 1 x 0 Palmeiras
Umea 2 x 3 Foz Cataratas Caixa

12/01 (19h30) – Umea x Palmeiras (Band Sports)
12/01 (22h) – Santos x Foz Cataratas Caixa (Band e Band Sports)

15/01 (13h30) – Disputa do 3º lugar (Band Sports)
15/01 (16h) – Decisão do título (Band e Band Sports)

Ingressos à venda - Os ingressos do Torneio Internacional Interclubes de Futebol Feminino estão à venda ao valor de R$ 10,00 (setor abaixo das cabines de imprensa) e R$ 5,00 (restante do estádio).

Os interessados podem comprar na bilheteria da Arena da Fonte, de segunda-feira a sábado, das 11 às 17h. Os outros pontos de venda são: Futebol Shop, na rua São Bento 1134 e Di Gaspi, no Shopping Jaraguá, na via Heitor Souza Pinheiro 2270. A entrada do público será concentrada pelo portão principal do estádio.

O Torneio Internacional Interclubes de Futebol Feminino é organizado pela Sport Promotion, com apoio do Grupo Bandeirantes de Comunicação, da Federação Paulista de Futebol e da Confederação Brasileira de Futebol. O patrocínio é da Bombril.

Credenciamento - Os veículos de comunicação interessados em fazer a cobertura do Torneio Interclubes de Futebol Feminino devem enviar seus pedidos para a ZDL, pelo e-mail vinicius@zdl.com.br, definindo o nome e função dos profissionais.

As credenciais e coletes, aprovadas pela assessoria de imprensa, serão entregues na Arena da Fonte, antes dos jogos, na entrada da sala de imprensa. As credenciais não serão nominais. Portanto, os veículos que tiverem rodízio de seus profissionais precisam credenciar apenas o número de jornalistas com a respectiva função.

Mais informações : http://interclubes.sportpromotion.com.br

Gustavo Lara
E-mail: gustavo@zdl.com.br
Siga a ZDL no twitter: twitter.com/ZDLcomunica

Comments (1)

Advertise Here

GALERIA DE IMAGENS

Veja todas as imagens

Advertise Here

Classificação

Equipes Pos.
Santos 1
Foz Cat. 2
Palmeiras 3
Umeå IK 4

Resultados

05/01 - FOZ 1 x 1 PAL
05/01 - SAN 4 x 2 UMEÅ
09/01 - SAN 1 x 0 PAL
09/01 - UMEÅ 2 x 4 FOZ
12/01 - UMEÅ 1 x 3 PAL
12/01 - SAN 1 x 1 FOZ
15/01 - SAN 3 x 2 FOZ
15/01 - PAL 3 x 1 UMEÅ

Twitter

RT @Edu_pontes: @BandsportsTV @folha_com @FoxSports_br @SportPromotion em SP jogadoras do Centro Olímpico Futebol Feminino estão há 5 meses sem salários!
6 years ago
@BandsportsTV @folha_com @FoxSports_br @SportPromotion em SP jogadoras do Centro Olímpico Futebol Feminino estão há 5 meses sem salários!
6 years ago